domingo, 10 de julho de 2011

O país de Quintana


Por Germano Xavier

O Celso nem desconfiaria
dos tais "quintanares",
daqueles "cantares
sem esgares".
Modulares cantos
que sairiam do ventre
virginal de Virgínia.
E não suspeitavam
dos "pássaros", dos "peixes",
da "quentura dos bolsos".
Honestidade de um homem alegre?
Alegrete: lugar de pousos...

Nenhum comentário: