terça-feira, 27 de agosto de 2013

Pluptibum


Por Germano Xavier

Basta se atirar de uma ponte
e,
ligeirinho ligeirinho...

...
a vida fremita um "pluptibum"
cor de silêncio.

Nenhum comentário: