quarta-feira, 25 de junho de 2014

Além-Homem

*
Por Germano Xavier


noite passada acordei de um sonho

uma marca do passado
mudada e fortalecida
me revirava o tempo
que se abalava e se encobria

havia um frio interminável
havia uma parede que impedia
havia um músculo com câimbra

e havia
ao fim do sonho
um homem sem mansidão


* Imagem retirada do site Deviantart.

Um comentário:

Arco-Íris de Frida disse...

Estou assim... uma mulher sem mansidao...