segunda-feira, 3 de novembro de 2014

As árvores amorosas (Parte VI)

*
poema para a mulher seabrense

Por Germano Xavier

havia vinho no meio da roda
formada ao som desgostoso

amigos sem amizade
fingindo em vozes
as doces distâncias

havia você e havia eu
em diferentes frequências

o fim da festa indicaria
os caminhos:

nossa última chance para amanhã


* Imagem retirada do site Deviantart.

Um comentário:

Daniela Delias disse...

Que série mais bonita!