domingo, 30 de novembro de 2014

Emboscada no coração do amanhã

*
Por Germano Xavier

estive a visitar labirintos
na hora que você aportou no forte

(o jardim alto só me deixava ver o mastro
das embarcações de seus olhos)

cansado de me escorar pelos cantos
indo ao teu encontro busquei abrigo
na imaginação fiz você entrar na bolha
- o vento do resto se encarregaria

como que me pedissem uma ordem
meus pés me cobriram de passos
e eu nem suspeitava que fossem
extras e tantos

para livrar você da tábua
fiz-me de Ahab em fúria pelo cachalote branco
(o amor é o maior dos mamíferos)

invertendo os medos de outrora
bani dos eixos os centros sem equador


* Imagem retirada do site Deviantart.

Nenhum comentário: