quinta-feira, 11 de junho de 2015

A arte de seguir o teu rumo

*
Por Pâmela Sandio

para o amigo de rios, Germano Xavier

Te vejo na estrada
Alcançando o êxtase de ser
Voe, agigante-se
O horizonte te ama

Você, equador das coisas
Tem os pés nas nuvens
O coração em mundos diversos e
misteriosos como tu, aqueles.

Realize os dons, a flora e o mar
O (teu?) amor é poliglota como o universo
seja o deus de tuas mãos claras
Depois da náusea te entrego a flor
Também é bandeira
o amor.


* Imagem:  http://benjoin.deviantart.com/art/Thursday-June-11-538931659

Nenhum comentário: