quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Cansaço de amor

*
Por Germano Xavier


eu queria um fim indolor
(matar-te súbita e definitivamente
como faço, de costume,
com tantas pessoas),
mas não há fim quando
é você que está dentro.

quando você está
só há uma continuação de querer,
insana e sem motivos,
desejo sem esperança,
um cansaço de amor.


* Imagem:  http://www.deviantart.com/art/Nocturne-301430138