quinta-feira, 10 de março de 2016

Um intenso toque seco

*

Por Germano Xavier


a meada, como um risco.
a identificação, como um selo.
a fornalha, como um mote.
a palavra, como um apelo.

porque nascerão almas com o diabo no corpo
e nada será feito para pará-las

//a maquinaria humana é uma arte.

a proteção inteligente será dada por agouro.
nossas rotas não terão o caminho do meio.
tudo se adaptará à falta.
viveremos sem perfumes.

e o perigo, este extrato,
este não.


* Imagem: http://lcvii.deviantart.com/art/Blues-Bar-166626613

Nenhum comentário: