sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

As babéis de Ses (Parte VI)

*

Por Germano Xavier


"você é aquela que toca um instrumento acima das nuvens"


Toques de retorno (ou A mulher tola)

fiz estes versos de madeira
pois sei dos silêncios operados
da essência que cala
da música imortal da vida

dessa opaca substância
/o amor/ translúcida e pura
nada sei

dei-lhe a discrição do tempo
a humildade do meu sentir
o som de minha ópera amante e fiel
na liberdade das imensas ondas

você, uma das mais altas dúvidas,
uma das mais líricas línguas - e este coração,
aberto em fosso, emocionado com o teu retorno -,
é a geração e a sede dos fogos e poderios

há de crepitar a chama se empregares fuga
na aventura que resiste
como os lençóis, as plumas, a claridade
tudo em expansão e esta palavra
um planeta de violinos

nesse instante abortaremos o que for inválido
o amor é a única leitura do mundo sem divisas

favor, acerquemo-nos das maçãs


* Imagem: http://vidaculturayarte.blogspot.com.br/2014_01_01_archive.html

Nenhum comentário: