quinta-feira, 30 de março de 2017

As babéis de Ses (Parte X)



Por Germano Xavier

"conte-me sobre o som da vida..."


Os batuques


comecemos pela parte do sumiço:
disfarçamos. dimensionamos a fuga.
e encoberto ficou o sufocamento.
e assumimos a enganação, a sedução diáfana
das verdades sem fantasia.

tornamo-nos finos, lisos, e ocultamos as frases-manto
que evocariam os sons inalcançáveis,
as óperas máximas, o cortejo dos pulsos,
o cheiro do melhor despojamento,
e nos vingamos, sugestivamente,
como a contar...

agoras.

bêbados de métodos,
ornamos o que nada vale
ou o que vale por nos revelar: um golpe.
doutrinados e convencidos, geramos recursos
contra o fogo da vida. e sucumbimos,
supostamente, sob batuques de não.


* Imagem: http://www.deviantart.com/art/Mosaic2-152697967

Nenhum comentário: