quarta-feira, 3 de maio de 2017

Ensaiando destinos




Por Germano Xavier



é necessário coragem
para ensaiar destinos
para sucumbir no risco
para inevitar a morte
para incitar fraquezas

como foi o caso da secundária ponte
caída durante a primeira chuva
como foi o que minou eliminado
diante da separação extraordinária

coragem
para escrever poemas
para combinar palavras
para decidir sentidos
para desviar os ditos

como é a certeza dentro de nós
quando tudo parece invadido
como é o rude padrão do amor
que não se guarda em estoques

coragem necessária
para tender ao abismo
para conquistar violências
para o furor químico das traições
para simplesmente parar

e ocorre que esse caos ao qual obramos
faz triunfar a editada técnica da vida
e o fracasso interrompe o que jamais se frustra

como será o elaborado humano
no tanto das reações pequenas
como será aquele que não somos
na indiferença nua das provocações?


* Imagem: http://www.deviantart.com/art/Dardo-viajero-657516855

Nenhum comentário: