sábado, 16 de setembro de 2017

O sol estrangeiro



Por Germano Xavier


antes de pensar o golpe
dar ao pensamento a lâmina
cega e áspera e torta
para que se afunde no corpo
e ria sons de sangue além

de toda a dimensão em despedida
encapo a voz inteirausente e viva
sem aquele século de dor antiga

em torno ainda na obra o fenômeno
a autoria do levante e da errância
na palavra que soca a morte a morte a morte

contra qual vivo presente
se erguerá a causa-arte?

nas ideias que me saltam
ou na cova rasa já pretensa
encaminho minha terra mais plural
em ensaios falsos do que sou


* Imagem: https://www.deviantart.com/art/Double-Impossibilitye-583281232

2 comentários:

Breve Leonardo disse...

...

Um imenso abraço, Germano!

Saudade...

Germano Viana Xavier disse...

Grande e antigo amigo Leonardo...
Coisa boa você por cá novamente!