domingo, 28 de janeiro de 2018

Um ilha comprido



Por Germano Xavier



para Roberto Piva,
que saiu ontem e não voltará mais para casa



tua morte é um cu
rio só
(artefato) e me dou gargalhadas
porque chorar vai atacar a Igreja das vanguardas.

o gavião da Paulicéia sumiu na noite,
as ruas e praças estão mais pálidas de sentido contrário.
sem graça, a avenida dá somente para onde se destina
e por que não fazer um apocalipse nesta brasa ainda acesa?

toda carne pode estar presa em nossas presas
e a natureza é um pé de querer.
onde te encontro, poeta, onde?

diz direto, ao ponto, pois
que tenho uma vertigem nova em folha a lhe oferecer nesta manhã sem verbo.


* Imagem: https://www.youtube.com/watch?v=8wt4beYtNVY

Nenhum comentário: