domingo, 11 de março de 2018

Das supostas pedras tirei fel



Por Germano Xavier





houve um tempo
em que fazíamos a paz
| dentro do caos |

criávamos religiões
e engendrávamos a vida

extorquindo do tempo
alguma vida
alguma beleza
alguma poesia

foi quando o amor
era uma noite qualquer
em nossas mãos



2

atravessam-me os dias
as horas | e os diamantes |

acusam-me de eterno,
pois as causas da morte
são a minha vida



3

a suposta sede
a suposta fome
a suposta calma

| nada é verdade |

só a tua falta
me inicia


* Imagem: https://pixabay.com/pt/labirinto-pedra-parede-abstract-3207078/

Nenhum comentário: