sexta-feira, 13 de julho de 2012

No teu sotaque


Ilustração de Cida Mello

 Por Germano Xavier

me diz no teu sotaque
que bamba é no samba
o passo empregado sem juízo
a rede içada sem vela
o peixe pescado sem mar
(doce euforia, amor) - esta dança

me diz de prontidão o que nem e o que não
vem você assim devagarim
e me encalça
e me enlabeia
estes meus beiços coloridos

me diz no teu sotaque
que o samba virou canção
que o que arde é brasa, fia
é brasa de coração

- Brasa de coração é uma coisa que queima, simplesmente.
E não se sabe de onde nem. Só que vem na voz.

3 comentários:

Germano Xavier disse...

Ilustração: Cida Mello.

Rebeca dos Anjos disse...

Em carioquês:

Caaaaara, muuuito bom! O interessante é que tem o gingado da Lapa, do samba, do xis no meio do peixe "pexxxcado" sem mar.

Beijos, querido!

Daniela Delias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.