terça-feira, 23 de julho de 2013

Domingueira partida

Imagem: Google
Por Germano Xavier

ao sanfoneiro de Luiz, in memoriam

em todas as domingas
cantando ele obrava
orava bravio num sanfonado som

domingueiro louvou e pregou
as canções de domingação
domingal menino de ser-tão

ser-tal escolhido
vozeiro dum povo sem curtição
pra domingar chamaram longe

domingo nem descansava
domingueiramente sempre
em trajes domingueiros

entre tantas gentes dominguenses
até Dominguinhas dominicou
- cabra dominical caboclo valente

durante mais de setentas domingais
gritou esquecer das tristes partidas
foi forrozar Dominguinhos

foi baião de Luiz
forrozar detrás da lua
bem junto aos seus ais

2 comentários:

yvana disse...

Foi se embora pro seu novo aconchego, la chegando encontrará uma grande sanfona tocando em sua homenagem a de 8 baixos de Januario , junto com a de Luiz.

Erica Ferro disse...

Belíssima homenagem, Germano!
Fazia tempo que eu não vinha aqui no teu canto.
Sempre bom ler teu poetizar.

Um abraço!

Sacudindo Palavras