quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Mosaico


é o talhe
o detalhe
a réstia que cose o céu
o cipó que escadeia a verve
e nos agiganta a voz que semeia
o lugar
o estar
o sonhar

eu sou um sonhador
e quero ver brotar da terra
a palavra mais orgânica
dentre todas



Oitavo poema-imagem/imagem-poema da série Preto-e-Branco: Poesia.
Fotografia de Daniela Gama.

3 comentários:

Artes e escritas disse...

Lindos versos. Um abraço, Yayá.

Júllio Machado disse...

... fé'licidades!
...está ali nas esquina$$$$$...

Gratuitos abraços!

Híndira disse...

=]
É imagem falada.