sábado, 19 de fevereiro de 2011

A estruturação da realidade


Por Germano Xavier


A construção conceitual da expressão "Estruturação da realidade" fundamenta-se na ideia de que é ela o arcabouço instrumental-metodológico usado pelo indivíduo no desígnio de criar um "ambiente" propício ao desempenhar de tarefas-ações, sempre em busca de cumprimentos e realizações. "Estruturar a realidade" é relacionar-se com o outro, com o que é o objeto ou com o que não é concreto. É estudar a mecânica física e simbólica da dinâmica comportamental em um viés que permeie a elaboração de uma situação real, cognitiva e operacional. O indivíduo "estrutura a realidade" no intuito de "desproblematizar", de ir adiante, alcançar objetivos, superar obstáculos. Portanto, ao construir tal esfera de significação, ele, o indivíduo, dialoga com forças e necessidades, ora simples ora complexas, para depois agir sobre o meio e produzir a ordem desejada. Para isso acontecer sem maiores dificuldades e empecilhos, a "estruturação da realidade" atua no desbloqueio de tensões, ameaças bastante significativas para as possibilidades de fracasso. Em outras palavras, "estruturação da realidade" é o conjunto sistemático e estrutural de manifestações que, motivado ou não, prepara o indivíduo para inúmeras interações e jogos relacionais, funcionando como ferramenta de apreciação e efetivação de ações sobre determinados meios, prenunciando algo, sempre.

Um comentário:

Germano Xavier disse...

Crédito da imagem:

"Unbalanced
by `monavx"
Deviantart