quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Soprando lagartas



Por Germano Xavier

II

eita doró corredor
ou é cassaco fugindo de espanto grande
ou é o moreno um artista

e se dizia que era bom de dom
e era dom de terra ele tinha
e era de água de fogo
e até dom de ar
esse menino era uma fonte
pois decifrando dom de ar devia ser
saber voar

pelas minhas contas
doró sabia voar
e eu já desconfiava disso
vendo aquela
carreira dentro do verde
a poeira depois se assentando
e nos trazendo a vista vazia sem doró
calmaria de passarinho no alto
essa altura estava láááááááááááá

o certo é que ninguém sabia onde
do menino
quando dava sumiço
desaparição dele e nele mesmo

depois foi que me contaram
era que doró soprava lagartas ainda nem crisálidas
e fazia borboletas pintoras de arco-íris
e quando o moreno sorvia tristeza
era pegar uma lagarta e soprar
depois ver o céu colorado um sorriso de deus

2 comentários:

Germano Xavier disse...

Crédito da imagem:

"Menino
by ~joaofred"
Deviantart

EDER RIBEIRO disse...

Germano, vc, posso assegurar, voa por todo estilo de poesia e arrebenta, às vezes me confunde e qdo percebo, vejo que é vc que tem um estilo próprio de fazer poesia, como essa. Valeu camarada. Abçs.