sábado, 14 de abril de 2012

O animal sonhado


Por Germano Xavier 

Para Iara Fernandes

o animal sonhado vive sob uma banca
num buraco de fundo negro, liberto na escuridão.
com uma cauda improvável, olhos vulpinos,
nunca adormece, nunca adormece
o animal sonhado.

algo de besta tem o animal dos sonhos,
algo de celestial e bruto esconde o animal
com dentes de marfim.

quando com a face do mal,
usa do ardil das brincadeiras de enganar.
o animal sonhado me derruba da cama todas as noites
em que corvos pousam em minha janela sem frestas.

a impressão que tenho quando acordo,
suado em não conter o impossível,
é que o animal sonhado tem meu rosto
e me escapa, sempre,
no primeiro vão especular das manhãs.

5 comentários:

Germano Xavier disse...

Crédito da imagem:

"Rome ::1 by ~MisterKey"
Deviantart

Amanda Andrade disse...

Nossos animais internos travam uma grande luta com no face de fora...

Beijos querido.

Iara disse...

Eu me desmancho toda agora e haja vãos pro meu derrame.

Peça fina você: dentes de porcelana, animal no sonho e a lavra da escrita jorrando.

Êh eu sortuda!!! O Equador sempre leva coisas boas assim, indiscriminadamente?

Daniela Delias disse...

Maravilhoso, maravilhoso...

Bjão, Germano!

:)

Júllio Machado disse...

"Por não ter nada de mais nem de menos é que o cavalo é o mais belo ser da Criação. " (Quintana)