terça-feira, 27 de março de 2012

Estrutura e gênero



o branco é feito do negro
o negro é certo que é branco
quando abrimos a janela
na manhã solar
deixamos o branco do mundo
invadir nossas escuridões
pintados de breu no amanhecer
somos tocados pela alvura do dia
e nos desestruturamos
para estrutureSER.

18º poema-imagem/imagem-poema da série Preto-e-Branco:Poesia.
Fotografia de Daniela Gama.

3 comentários:

Amanda Andrade disse...

É por isso que gosto de pensar que vejo as pessoas como iguais, não importa como elas são, pensam ou agem. Afinal todos, sem exceção temos um pouco do passado em nossos genes.

Beijos lindo.

J. C. M. Souza disse...

... num vivenciar, num sonhar, matizado.

Jacqueline disse...

Que tocante isto!

"...e nos desestruturamos
para estrutureSER."

Abraço de poesia!

Obs.: Quero uma revista também! Não vale isso! :( Rsssssssssssss.