sábado, 24 de março de 2012

O logro


Por Germano Xavier 

Poema Pop-Reproduzido para a menina dos tsurus.

Vou lograr a cada hora entronizar a memória.
Vou lograr a cada hora valer a primazia do encantamento.
Vou lograr a cada hora penar a distância.
Vou lograr a cada hora lembrar símbolos.
Vou lograr a cada hora produzir sorrisos.
Vou lograr a cada hora sorver reminiscências.
Vou lograr a cada hora impedir os fins.
Vou lograr a cada hora desviar lacunas.
Vou lograr a cada hora amainar palavras.
Vou lograr a cada hora ser uma hora.
Vou lograr a cada hora ter ulteriores sons.
Vou lograr a cada hora desproblematizar alacridades.
Vou lograr a cada hora esconder dejetos.
Vou lograr a cada hora registrar o amor que você me deu.
Vou lograr a cada hora cometer sempre a audácia do nos permitir.
Vou lograr a cada hora adorar seus autores.
Vou lograr a cada hora odiar a tenebrosa arte de viver sem você.
Vou lograr a cada hora respirar teus ares.
Vou lograr a cada hora a impossibilidade de nos escaramuçar.
Vou lograr a cada hora o enlace in loco que nos falta.
Vou lograr a cada hora desconchavar imagens imperfeitas de você.
Vou lograr a cada hora sussurrar panegíricos em voz ativa.
Vou lograr a cada hora o tino de ceder.
Vou lograr a cada hora homologar os pedacinhos de você de dentro da minha cabeça.
Vou lograr a cada hora a leveza de te saber.
Vou lograr a cada hora ter sede de tuas novas.
Vou lograr a cada hora permitir que os pequenos fragmentos de ti não se despeçam.
Vou lograr a cada hora serenar a ideia de que um dia será para sempre.
Vou lograr a cada hora acalentar teus ruídos.
Vou lograr a cada hora amplificar o desejo de realidade.
Vou lograr a cada hora a grandeza de tua existência.

2 comentários:

Germano Xavier disse...

Credito da imagem:

"River Ouse by *Dieux-Faux"
Deviantart

Suzana Duraes disse...

"Vou lograr a cada hora a grandeza de tua existência." Menina de sorte a dos tsurus!Comovente!